Parece impossível referir ou descrever qualquer aspeto da China sem utilizar superlativos como «o maior» ou «o mais rápido».

O país tem, para dar alguns exemplos, a maior população do mundo (cerca de 1.400 milhões de pessoas) e a economia que apresenta o crescimento mais rápido, além de ser o maior país exportador do mundo. É também o maior consumidor de energia e tem vinte das trinta cidades mais poluídas do planeta. Por outro lado, é o maior produtor de energia eólica do mundo.

OBTENHA UMA TARIFA ESPECIAL PARA EXPORTAR PARA A CHINA

EmpresaParticular

Com que mercados a sua empresa trabalha?
NacionalInternacional

Se é um Cliente Particular saiba quais são as melhores condições para si aqui




POPULAÇÃO

1.4 Biliões

US$
0
Receita de B2C E-Commerce

PIB PER CAPITA

US$11,199

US$
0
Quantia média gasta por comprador

IVA

17%

0
%
Crescimento no mercado E-Commerce

MOEDA

CNY

0
%
Da populaçãp compra online

CHINA

AMBIENTE E-COMMERCE

 

A China é o maior mercado de comércio eletrónico do mundo com uma quota de mercado superior à dos EUA. 41% dos compradores online já compraram um item vindo da Europa. 67% das compras online chinesas são feitas através de eWallets. Os compradores chineses compram produtos estrangeiros online para atender à sua procura de produtos Premium.

MÉTODOS DE PAGAMENTO

 

eWallet (PayPal)         62%
Cartões de crédito     10%
Transf.  bancária         8%
Dinheiro                        8%
Outro                             5%
Cartões de débito      4%
Pré-pago                       3%

41%

dos compradores online já compraram um item vindo da Europa

USO DE REDES SOCIAIS

 

A China é o maior mercado de redes sociais do mundo. No entanto a composição do seu mercado varia consideravelmente do resto do mundo. O Facebook, o Twitter e o YouTube estão todos bloqueados na China. No entanto, o cenário de social media da China não é incomparável com seus equivalentes ocidentais. O Qzone da Tencent, a marca de social media mais valiosa da China a partir de 2013, é uma combinação do Facebook e do Tumblr, onde os utilizadores compartilham fotos, deixam mensagens e usam o blog.

CHINA

AMBIENTE E-COMMERCE

 

A China é o maior mercado de comércio eletrónico do mundo com uma quota de mercado superior à dos EUA. 41% dos compradores online já compraram um item vindo da Europa. 67% das compras online chinesas são feitas através de eWallets. Os compradores chineses compram produtos estrangeiros online para atender à sua procura de produtos premium.

MÉTODOS DE PAGAMENTO

eWallet (PayPal)         62%
Cartões de crédito     10%
Transf.  bancária         8%
Dinheiro                        8%
Outro                             5%
Cartões de débito      4%
Pré-pago                       3%

41%

dos compradores online já compraram um item vindo da Europa

USO DE REDES SOCIAIS

 

A China é o maior mercado de redes sociais do mundo. No entanto a composição do seu mercado varia consideravelmente do resto do mundo. O Facebook, o Twitter e o YouTube estão todos bloqueados na China. No entanto, o cenário de social media da China não é incomparável com seus equivalentes ocidentais. O Qzone da Tencent, a marca de social media mais valiosa da China a partir de 2013, é uma combinação do Facebook e do Tumblr, onde os utilizadores compartilham fotos, deixam mensagens e usam o blog.

DESENVOLVIMENTO E-COMMERCE

China
Segundo a eMarketer, este ano, quase um quarto (24,0%) dos compradores online na China comprará no mercado internacional representando assim um aumento de 11,5% em relação a 2017.
  • As encomendas internacionais em e-commerce no setor do retalho aumentaram 15,3% em 2018 chegando a 115,47 biliões de US dólares e atingirão 144,15 biliões de US dólares em 2021.
  • A Pitney Bowes adianta um aumento de 12% na penetração de mercado de compradores internacionais da China, perdendo apenas para a Índia (18%). Quanto à restante Ásia-Pacífico, o share de compradores online em sites estrangeiros continua a aumentar na Coreia do Sul (8%), enquanto que a Austrália já possui um grande número de compradores que fazem as suas compras internacionalmente.
  • O comércio eletrónico internacional na China permanecerá livre em 2018, já que o Ministério do Comércio (MOFCOM) – República Popular da China, pelo segundo ano, decidiu adiar impostos mais altos sobre produtos comprados online em sites estrangeiros
China
Segundo a eMarketer, este ano, quase um quarto (24,0%) dos compradores online na China comprará no mercado internacional representando assim um aumento de 11,5% em relação a 2017.
  • As vendas internacionais em e-commerce no setor do retalho aumentaram 15,3% em 2018 chegando a 115,47 biliões de US dólares e atingirão 144,15 biliões de US dólares em 2021.
  • A Pitney Bowes adianta um aumento de 12% na penetração de mercado de compradores internacionais da China, perdendo apenas para a Índia (18%). Quanto à restante Ásia-Pacífico, o share de compradores online em sites estrangeiros continua a aumentar na Coreia do Sul (8%), enquanto que a Austrália já possui um grande número de compradores que fazem as suas compras internacionalmente.
  • O comércio eletrónico internacional na China permanecerá livre em 2018, já que o Ministério do Comércio (MOFCOM) – República Popular da China, pelo segundo ano, decidiu adiar impostos mais altos sobre produtos comprados online em sites estrangeiros

CHINA

RAZÕES PARA COMPRAR NO ESTRANGEIRO

A maioria dos consumidores chineses prefere o comércio internacional devido ao facto de encontrarem produtos com melhor qualidade, melhores ofertas, mais variedade e autenticidade de produtos. A necessidade de produtos autênticos foi mais forte em 2017, pois existiram relatos contínuos nos media sobre produtos falsificados nos mercados de venda locais.

Dados China

A pesquisa da EC100 mostra que os clientes chineses estão a mudar os seus critérios de compra, de clientes sensíveis aos preços para sensíveis à qualidade. Isso significa que os compradores chineses aceitarão preços mais altos se os produtos tiverem melhor qualidade e prestígio de marca.

Gráfico China

CHINA

RAZÕES PARA COMPRAR NO ESTRANGEIRO

A maioria dos consumidores chineses prefere o comércio internacional devido ao facto de encontrarem produtos com melhor qualidade, melhores ofertas, mais variedade e autenticidade de produtos. A necessidade de produtos autênticos foi mais forte em 2017, pois existiram relatos contínuos nos media sobre produtos falsificados nos mercados de venda locais.

Dados China

A pesquisa da EC100 mostra que os clientes chineses estão a mudar os seus critérios de compra, de clientes sensíveis aos preços para sensíveis à qualidade. Isso significa que os compradores chineses aceitarão preços mais altos se os produtos tiverem melhor qualidade e prestígio de marca.

Gráfico China

ALFÂNDEGA

1- Para Efeito Pessoal
  • Mercadoria ou presente enviado de um particular para outro (envios de peça única não regulamentados).
  • Quantidade suficiente para uso pessoal. Imposto de 15%, 30% ou 50% (maioria abaixo de 30%).
  • Bagagem desacompanhada.
  • Valor máximo limite de 1000 RMB (800 se de Hong Kong, Macau e Taiwan) cerca de £ 111. Itens únicos acima do limite do valor máximo podem ser permitidos para negócio B2C, tecnicamente não devem ser despachados como Efeito Pessoal
2- Informal (também conhecido como KJ3 ou Despacho Expresso)

Exclusivamente para as transportadoras que fazem envios Express, é necessário IOR para fazer o despacho aduaneiro.
Processo menos complexo, mas por fases, disponível apenas em 4 Gateways.

3- Formal

É necessário IOR para proceder ao despacho aduaneiro – Processo complexo.

A maioria dos indivíduos e empresas particulares que não importam regularmente não sabem como importar formalmente.
A alfândega tem o direito de solicitar QUALQUER papel e ser inconsistente nas necessidades de documentação. São necessários cerca de 3 meses para fazer o despacho aduaneiro.

 

4- Plataforma B2C (CERI)

Adequado para grande número de mercadorias.
O valor máximo do envio é de aproximadamente £ 223; o limite pessoal máximo anual é de £ 2230; A taxa é de 11,9% em média. Nenhum imposto aplicável.
Necessita de registar o seu stock com a CIQ e manter-se atualizado conforme as linhas terminam, novas linhas são vendidas. Precisa de fornecedor de pagamentos chinês compatível com a CERI. Necessita da entidade legal da China para registo aduaneiro. Precisa de interface EDI com a alfândega Chinesa.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Imagem11
Efeitos Pessoais

Cópia do cartão de identificação pessoal
Carta de explicação (se solicitado pela alfândega)

Informal

Descrições de mercadorias de importação
Confirmação para o desalfandegamento como entrada informal (KJ3)

Plataforma B2C (CERI)

Nenhum

Formal

Informação IOR com código de registo alfandegário
Procuração
Formulário de declaração formal (descrições detalhadas em chinês)
Licença de importação, se aplicável com base no código HS
Comprovativo de compra
Mais qualquer outro pedido de documentos por parte das alfândegas

Imagem11
Efeitos Pessoais

Cópia do cartão de identificação pessoal
Carta de explicação (se solicitado pela alfândega)

Informal

Descrições de mercadorias de importação
Confirmação para o desalfandegamento como entrada informal (KJ3)

Plataforma B2C (CERI)

Nenhum

Formal

Informação IOR com código de registo alfandegário
Procuração
Formulário de declaração formal (descrições detalhadas em chinês)
Licença de importação, se aplicável com base no código HS
Comprovativo de compra
Mais qualquer outro pedido de documentos por parte das alfândegas

TORNE-SE UM CLIENTE DHL

Teremos o maior prazer em aconselhá-lo sobre as opções da DHL Express os nossos correspondentes preços competitivos. Preencha este formulário e aproveite as vantagens de obter um número de conta DHL.

ÁREA DE TRANSFERÊNCIAS

Transfira o nosso guia de apoio à Exportação para a China