DHL Express Portugal > Novidades sobre envios internacionais > E-commerce > Como manter clientes em e-commerce

 

Como manter clientes em e-commerce

jovem bonita e sorridente sentada no sofá com um computador portátil ao colo e um cartão de crédito na mão

Com a pandemia o número de clientes e-commerce aumentou. Alguns setores como o dos bens essenciais registaram uma grande subida no número de vendas durante este período difícil para a maior parte dos negócios.

Esta é uma boa oportunidade para manter os clientes que conseguiu angariar e fidelizá-los à sua marca. Siga as dicas da DHL Express que o podem ajudar:

Inventário

Tenha o inventário controlado para não ter de lidar com cancelamentos e críticas por falta de stock.

Redes Sociais

Tire partido destas ferramentas para promover a sua presença online e interagir com os seus seguidores. Mais do que nunca os utilizadores destes canais estão ativos e passam grande parte do dia nas redes sociais. Poderá aumentar o número de clientes ou fidelizar os atuais através das mensagens que transmitir.

Envio

Assim que o artigo for expedido informe o seu cliente e mantenha-o a par do estado do pedido. Confie num parceiro de logística fiável como a DHL Express para garantir que não tem problemas com os envios de encomendas.

Personalização

Personalize a experiência de compra diferenciando cada consumidor com sugestões de artigos, e-mails de acompanhamento e outras mensagens personalizadas. Tudo para que a sua marca fique na sua memória e desperte o interesse do consumidor em efetuar mais compras no futuro.

Período de troca

Durante este período em que não é fácil para os seus clientes saírem de casa, prologue o período de troca e se puder, ofereça os portes de envio. São aspetos como estes que fidelizam um cliente.

Transparência

Informe os seus clientes em relação à forma como a pandemia afetou o seu negócio. Se houve alguma alteração, quer seja no horário, período de expedição, ou noutro aspeto seja transparente e construa uma relação de confiança.

Conheça a importância das aplicações móveis em e-commerce.