Como exportar para o México

Como exportar para o México

Quanto pensamos no continente americano, o México pode ser ofuscado política e economicamente pelos EUA, porém representa um território fértil para os investidores estrangeiros e a caminho de uma ascensão meteórica.

Uma imensa população, uma infraestrutura bem desenvolvida e a sua proximidade comercial com os EUA, possibilitaram que chegasse ao 11º lugar das economias globais.

Segundo o guia elaborado pela DHL Express, a economia do México é representada pelo seu crescente Setor de Serviços em primeiro lugar, depois pela Indústria, e por último pela Agricultura. Estima-se que em 2050 será a 5ª maior economia do mundo.

As oportunidades de importação passam pela eletrónica, fruta e vegetais, moda, e produtos de luxo. Conheça a resposta à pergunta mais comum na exportação.

Importações crescem 8.6%

O mercado de importação mexicano é uma área fundamental na sua economia.

A contrariar o fluxo migratório para os EUA, a população do México está a crescer 1,25% anualmente.

Além disso, perante 190 países, o México encontra-se na 49ª posição no que respeita à Facilidade para Fazer Negócios avaliada pelo Banco Mundial.

E-commerce

Representa a 9ª maior audiência na Internet do mundo, onde grande parte da população acede através de dispositivos móveis. Assim, os serviços de e-commerce devem ser otimizado para os mesmos.

No boom do e-commerce, destacam-se os móveis e eletrodomésticos, moda, brinquedos, hobbies e DIY, comida e cuidados pessoais, eletrónica e media.

Conheça as tendências globais em e-commerce.

Regulamentos comerciais e informações alfandegárias

O VAT (Imposto sobre o Valor Acrescentado) no México representa 16%, existindo simultaneamente uma taxa de processamento de 0,8% acionada pela alfândega mexicana.

Os contactos chave que deverá ter em conta são a Autoridade de Importação de Assistência Médica, Ministério das Finanças, Ministério da Agricultura, Departamento de Ambiente e Recursos Naturais, e o Ministério da Economia.

Quanto ao envio de mercadorias de valor igual ou superior a 1.000 dólares, é necessário utilizar um agente alfandegário para libertá-las. Saiba como calcular o preço de envios internacionais.

O Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA) faz do México um ponto de entrada profícuo e de baixo custo para o mercado norte-americano.

No que diz respeito aos produtos de saúde, deverá ter uma organização/indivíduo responsável por eles.

Mesmo os produtos etiquetados em espanhol, necessitarão de um rótulo diferente de acordo com o NOM50 (informações que uma empresa estrangeira deve fornecer).

De forma a obter uma estimativa dos custos de importação para o México, use a ferramenta gratuita DHL Express Trade Automation Services (TAS): tas.dhl.com.

Saiba mais sobre a Realidade aumentada aplicada à logística.